E aquele remedinho para o estômago?

O uso de remédios que bloqueiam funções normais do nosso corpo constitui uma parte importante da medicina contemporânea. Vale a pena discutir um pouco sobre um dos medicamentos mais utilizados no dia de hoje – os bloqueadores da bomba de prótons.
Hoje em dia é muito comum o uso de medicamentos para diminuir o ácido do estômago, seja para o tratamento de esofagites, gastrite e úlceras, seja para reduzir a agressão de diversos remédios ao estômago. Mas será que esses remédios são seguros?
A primeira coisa que temos que saber é que o ácido do estômago tem várias funções. A primeira função, mais conhecida, é a digestiva. A comida cai no estômago, parcialmente mastigada e embebida em saliva, e é submetida ao ácido do estômago e às enzimas digestivas. A absorção de diversos nutrientes está relacionada ao pH do estômago, em particular a vitamina B12, que vai ser menos absorvida se o estômago ficar menos ácido. O ácido do estômago também combate diversos microrganismos, e no caso de o estômago estar sob a ação de medicamentos que combatem a acidez, esses microrganismos vão para o intestino.
Como consequência, o uso crônico de remédios, cujo representante mais conhecido é o Omeprazol (os chamados de inibidores de bomba de prótons), pode levar a uma atrofia do estômago, a uma deficiência de vitamina B12 e à infecções intestinais (Raghunath AS, O’Morain C, McLoughlin RC. Review article: the long-term use of proton-pump inhibitors. Aliment Pharmacol Ther. 2005; 22 Suppl 1:55-63.)
Alguns estudos aumentam a preocupação quanto ao uso desses tipos de medicamentos. Um paciente com história de 20 anos de uso desses medicamentos acabou desenvolvendo um caso grave de atrofia e metaplasia do estômago (situação pré-cancerosa) que melhorou com a interrupção da medicação e com injeções de vitamina B12 (Chourasia D, Misra A, Pandey R, Ghoshal UC. Gastric atrophy and intestinal metaplasia in a patient on long-term proton pump inhibitor therapy. Trop Gastroenterol. 2008 Jul-Sep;29(3):172-4.) Outro estudo mostrou aumento de infecção por Clostridium dificile no intestino após o uso desses medicamentos (Dial S, Alrasadi K, Manoukian C, Huang A, Menzies D. Risk of Clostridium difficile diarrhea among hospital inpatients prescribed proton pump inhibitors:
cohort and case-control studies. CMAJ. 2004 Jul 6;171(1):33-8.)
Portanto, muito cuidado com medicamentos que inibem reações naturais do nosso organismo. A inibição de secreção ácida do estômago, algo que à primeira vista pode parecer inócuo, pode levar a complicações importantes. Em alguns casos pode haver uma indicação do uso contínuo desses remédios, mas sempre sob estrita supervisão médica. Frequentemente atendo em meu consultório muitos pacientes que simplesmente continuam tomando o medicamento prescrito por um médico alguns anos antes, porque se sentem melhor. Provavelmente uma parte dos problemas de saúde desses pacientes é consequência do abuso destes remédios.

9 pensamentos sobre “E aquele remedinho para o estômago?

    • Prezada Mariela,
      Provavelmente você está falando de metaplasia intestinal da mucosa de esôfago. Isso se refere a uma doença chamada Esofagite de Barret, que deve ser tratada, pois é considerada precursora de doenças graves.

      Atenciosamente,

      Dr. Paulo Farber

      • Prezado Dr Paulo Farber,

        Alimento-me bem, um dia almoçei 03 (TRES) bifes grandes, mas meu peso continua o mesmo (50 kg)..Acredito que no meu estomâgo tenha um grande ”poço” de ácido, pois como vários tipos de comida que engordam e…Minha médica disse que tenho Sindrome do Intestino Irritado…
        Agradeço uma orientação em relação a estes ”ácidos que corroem a comida”.

      • Olá Luiz,

        Acho que o que você tem é um metabolismo ótimo, e não “ácidos que corroem a comida”. Mas cuidado com excesso de carboidrato e gorduras, pois essa é a receita para os estados pré-diabéticos.

    • Olá Sérgio, há outras formas de tratamento para o refluxo, como a acupuntura e ervas. Mas muito cuidado com um tipo de alteração relacionada ao refluxo chamada “esôfago de Barret”, que é considerado uma forma pré-cancerosa. Só faça qualquer tipo de tratamento sob orientação médica.

  1. Dr. Paulo Farber, estou muito nervoso, minha mãe fez um endoscopia com biópsia e o resultado foi gastrite crônica e presença de metaplasia intestinal. Isso é grave? Tem cura? É reversível? Me ajude pelo amor de Jesus.

  2. agua com bicarbonato de sódio o dia inteiro faz o mesmo efeito do omeprazol? ou seja diminui a acidez do estômago? e a longo prazo essa água causa atrofia da bomba de prótons assim como o omeprazol ou é pior ou melhor que o omeprazol?
    bjs

    • Prezada Natasha, o bicarbonato pode até aumentar momentâneamente o pH do estômago, mas não faz parar a secreção de ácido, como os inibidores de bomba de prótons. Pode inclusive acontecer um efeito rebote, onde a secreção ácida pode até aumentar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s